Menu Fechar

Terapias limitadas no tempo

tempo no relógio

A forma de psicoterapia que ofereço é breve, não por demorar menos tempo do que outras, mas por ser orientada por objectivos.

No entanto, partilho a colocação de Purves sobre este tipo de terapias:

«A prática limitada no tempo não é especificada por um número fixo de sessões e sim pela intenção de ajudar os clientes a avançarem de encontro aos seus objectivos tão eficientemente no tempo quanto possível.

(…) a duração da terapia recai geralmente sobre seis factores importantes:

– como o terapeuta vê o tempo
– o que o cliente apresenta como problema
– a teoria tida em conta pelo terapeuta para o problema
– as expectativas da terapia da parte do cliente
– o resultado do processo de avaliação
– a formação do terapeuta»

Ref.:
Purves, D. (2003). Time-limited practice. In R. Woolfe, W. Dryden & S. Strawbridge (Eds.),Handbook of counselling psychology (pp. 518-535). London: Sage Publications.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *