«E se…?»

Muitas vezes os pensamentos que geram ansiedade têm a forma “e se”.

«E se não consigo fazer isto?»
«E se me falta o assunto de conversa?»

Estes podem parecer exemplos muito banais, mas têm um grande potencial ansiogénico para muitas pessoas.
Já partilhei antes algumas estratégias para...

As perguntas

As perguntas podem ser tão ou mais orientadoras do que as respostas. Mas também têm o potencial de nos desorientar.
As perguntas que usamos mais frequentemente são construídas na forma de “porquê…?“. Mas o porquê faz parte da linguagem da ansiedade. O porquê remete-nos para os elementos da equação,...

Ainda sobre objetivos e metas

Porque o feedback que tenho recebido do último video tem sido positivo e porque continuo a receber muitos emails em que reina o tema dos objetivos e definição de metas para o novo ano, fez-me sentido partilhar mais algumas ideias sobre este assunto.

No video acima abordo as...