Menu Fechar

Seguindo caminho após a falha

Na mudança de um hábito ou um comportamento, caímos facilmente no registo anterior e muitas vezes sentimos que falhámos nessa mudança. No entanto, a mudança é um processo, um caminho. E aquilo que é preciso, é segui-lo.

Fica a proposta de reflexão abaixo.

Como costuma lidar com aquilo que considera uma falha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *